26 de mai de 2010

2. História dos Galões

Parece piada, mas o dp de marketing do time do lado de lá, dizia que o mascote delas (que entra em campo fantasiado) foi o primeiro em Minas. Vejam abaixo e tirem as conclusões...

Na década de 60, torcedores já entravam com Galos no gramado, mas ainda não era uma fantasia, como as atuais.
No início da década de 1980, possivelmente em 83, surgiu o primeiro mascote fantasiado das Minas Gerais, e, claro, foi do Atlético. Veja o registro em uma foto da Revista Placar...
E foi capa desta revista em 1983, no hexa.
No final da década de 80, outro mascote entrava junto com o time e com as crianças...
foi o segundo da história.
Na década de 90, uma terceira fantasia começou a entrar em campo.
E finalmente nos anos 2000, o quarto mascote (presente nos gramados até hoje) esta sendo utilizado.
além do Galão inflável, que surgiu em 2002 e que também foi imitado. (elas colocam em cima da marquise do estádio)
O Grande Mangabeira foi o criador do galo como mascote do Atlético.
Antigas charges de Mangabeira...

Artistas famosos também já fizeram as suas versões, como estes 2 do escritor e cartunista de Caratinga, Ziraldo.

E o mais famoso, o Galo Volpi, do artista plástico italiano/brasileiro Alfredo Volpi.
Claro, a massa já levou nosso bravo mascote vivo para as arquibancadas...

E o grande artilheiro Guilherme entrou na onda...
Fonte das fotos: Revista Mineirão, Revista Placar, Hoje em Dia, atletico.com.br, Revista do Galo, camisadoze.net e Estado de Minas.

24 de mai de 2010

Atlético X Atlético Paranaense

Criançada presente em grande número no estádio, pena que não podem mais entrar em campo de mãos dadas com os jogadores... novas ridículas regras do "futebol moderno"






Entrada das bandeiras da Galoucura e mascote.

Dragões da F.A.O. (Força Atleticana de Ocupação)
Tarde calma, bela vitória do Galo.
Entretanto público pequeno. Os ingressos estão caros. 13 mil pagando 25 reais daria quase a mesma renda do que 25 pagando 10 reais. O que seria melhor para o time e para o Clube?
Está na hora do Kalil repensar esta sua política...

Público pagante: 13.464.
Fotos: André

17 de mai de 2010

Fotos antigas 2

Atlético x Valério. Estréia da Selegalo 1994.
Torcida lotou 2 treinos: 6 mil pessoas na geral do Mineirão.

e 3 mil pessoas lotaram os barrancos da tradicional Vila Olímpica.
aliás a Vila Olímpica atualmente esta subutilizada e é um lugar ideal para a construção do estádio do Galo... O campo que era o principal possui um barranco em volta ideal para construir as arquibancadas.
Aí o time. Arquibancadas lotadas: 37 mil pessoas.


Fotos tiradas na entrada do time. Bandeirão da Galoucura que havia estreiado 1 ano antes.
Tradicionais bandeiras pretas (TGP) da Galo Prates.
Foguetório na entrada. A direita da foto Reação Alvinegra e Galo de Ouro.
Muito papel higiênico e bandeira quadriculada da Máfia Atleticana.
A selegalo não foi para frente, porém neste mesmo ano (1994) Éder Aleixo jogou pela última vez pelo CAM, fez gols históricos pelo brasileirão daquele ano (contra Criciúma, Bragantino e Botafogo) e o Galo chegou às semi finais. Em um jogo histórico virou para cima do Corinthians por 3 a 2 com 3 gols do Reinaldinho e para variar foi roubado no Morumbi, ficando de fora da final.

Foi o primeiro jogo que fotografei na vida, com 14 anos, me despertou a paixão pela fotografia.
Fotos de jornal: Estado de Minas
Demais fotos: André

10 de mai de 2010

Atlético X Vasco

Campeonato Brasileiro - 1a rodada - 09/05/2010
tarde chuvosa, dia das mães, ótima estréia do Atlético.

Entrada da tradicional charanga
Galoucura,
Movimento 105 e Esquadrão Atleticano,
Galo Prates
Faixa nova da Galos de Porão, sempre na geral.
Estréia da torcida feminina do Atlético.
Torcidas representando Guarapari e...
Pernambuco!
crianças felizes com o galo...
Lenir e dona Maria, torcedoras símbolo.
A co-irmã torcida vascaína presente em grande número.
Atlético 2 x 1 Vasco
Público pagante: 12.790
Fotos: André

7 de mai de 2010

Fotos antigas 1

Atlético X Cruzeiro - janeiro 2009 - Montevideu Uruguai.

Atleticanos: 300 torcedores + 5 organizadas + faixas e bandeiras
Cruzeirenses: 35 torcedores, nenhuma faixa ou bandeira

Primeiro clássico fora do Brasil: proporção - 10 por 1 torcedores

Treino no campo do River Plate do Uruguai. Torcida presente

Tardelli dando entrevistas, ele faria seu primeiro gol pelo Galo neste jogo.
Hospedagem dos atleticanos em Montevideu.
Tradição mantida!
Chegada da massa.

Confusões e grande fila para entrada.

Caiu um cruzeirense no fosso?
Integração com a nação vizinha...

Torcidas presentes: Torcida Uniformizada,
Galo Metal, Galoucura,
CarmoGalo e Esquadrão Atleticano.
No jogo de fundo era o clássico local:
Torcida do Clube Nacional de Futebol.
Torcida do Clube Atlético Penarol.